Notícias de fevereiro – Anderson e Raquel Almeida

A conduta cristã não se fundamenta na opinião humana e sim na Palavra de Deus, que alívio, não é o que eu acho e sim o que Deus diz.

 

Jacutinga, 05 de fevereiro de 2013

 

…Fiques ciente de como se deve proceder na casa de Deus, que é a Igreja do Deus VIVO, COLUNA E BALUARTE DA VERDADE. I Timóteo 3.15

Queridos irmãos,

A conduta cristã não se fundamenta na opinião humana e sim na Palavra de Deus, que alívio, não é o que eu acho e sim o que Deus diz. Paulo vem no texto acima orientando a Igreja sobre como deve ser sua conduta e no verso acima Paulo deixa claro que devemos defender essa verdade custe o que custar. Não estranhe se essa postura levantar opositores, se alegre em ser fiel a Deus, seja uma coluna, fiel depositário, seja um baluarte, fiel divulgador da VERDADE.

Com a graça de Deus conseguimos alcançar nossos objetivos entre 16 de dezembro e 21 de janeiro. Tivemos um tempo com Igrejas e familiares no Rio de Janeiro, depois passamos uma semana no encontro de obreiros da Missão Novas Tribos e em seguida passamos um tempo com o povo Javaé no Tocantins, bem como com alguns irmãos na cidade de Formoso do Araguaia e Gurupi—TO. Foi precioso o tempo com esses irmãos, os quais nos abençoaram, principalmente com a alegria com que nos receberam.

Na aldeia Javaé foi emocionante rever alguns amigos, os quais fizeram de tudo para nos agradar, numa certa manhã fomos surpreendidos ao sairmos da barraca, com um banquete no café da manhã que os próprios indígenas fizeram. Foram momentos preciosos e úteis para mantermos a chama da obra missionária em nossos corações, bem como manter vivo o nosso relacionamento com esse povo, o que poderá ser útil no futuro, quer seja conosco ou com outros irmãos que Senhor levantar para trabalhar com esse povo. Valeu muito esse investimento, chegamos cansados, mas animados.

Agora estamos em Peniel temos 88 alunos, que privilégio! Que responsabilidade! É maravilhoso poder lecionar para esses obreiros e conviver com eles. Precisamos e muito que os irmãos nos ajude em oração para podermos abençoar esses alunos com a Palavra do Senhor.

 

Motivos de oração.

•          Adaptação dos novos alunos.

•          Sabedoria no ensino em sala de aula.

•          Sabedoria e disposição na educação do pedro e da júlia.

•          Perseverança para os alunos para que cheguem aos povos não alcançados.

•          Gratidão pela saúde e sustento financeiro.

•          Saídas para divulgação da obra missionária

 

No mais, somos gratos a cada irmão que tem se dedicado para nos manter nessa obra tão maravilhosa.

Em Cristo,

 

Missionários Anderson e Raquel Almeida